TURISMO Imprimir E-mail

A paisagem que se pode apreender no meio rural da região da Indicação de Procedência Pinto Bandeira é múltipla. A natureza, as culturas temporárias e as diversas espécies de frutíferas convivem com a marca principal de Pinto Bandeira: a vitivinicultura e sociedade que a produz.

A passagem das estações alterna beleza nas diferentes épocas do ano. O inverno põe as videiras em repouso, porém, os pessegueiros floridos pintam a paisagem de cor-de-rosa. Na primavera, as videiras brotam e frutificam num claro verde, com acesso por estradas coloridas pelas roseiras. No verão o ar tem o aroma das uvas maduras e a cor das borboletas azuis que dançam entre e sob as videiras. No outono a paisagem explode nos amarelos, vermelhos e marrons que marcam a chegada do tempo de repouso das videiras e de amadurecimento dos vinhos.

Entre os cultivos da videira, se evidenciam a fauna e a flora locais como exemplo, a araucária.
As encostas onduladas e íngremes formam vales fechados onde se descortinam paisagens de floresta intensamente verdes que servem de moldura e cenário para a vitivinicultura de Pinto Bandeira.

As estradas que cortam as paisagens destacam, ainda, algumas características da sociedade local. As residências em cada pequena propriedade, os capitéis e capelas que mostram a religiosidade das comunidades e os salões de festas, onde os moradores comemoram os resultados de muito trabalho.

A experiência de mergulhar no mundo do vinho pode ser vivida integralmente em Pinto Bandeira. O enoturismo é uma das atividades das vinícolas, desde uma visita com degustação conduzida por profissional até a hospedagem em pousada onde, da decoração à paisagem que se descortina da janela, a vitivinicultura é o principal motivo para conviver e usufruir de bem estar. Saúde!!